Você está visualizando atualmente Produção Industrial Brasileira Registra Crescimento de 0,4% em Agosto, Aponta IBGE
Usina de Cana Estivas. Natal (RN) 20.04.06 - Foto:José Paulo Lacerda

Produção Industrial Brasileira Registra Crescimento de 0,4% em Agosto, Aponta IBGE

A produção industrial no Brasil registrou um aumento de 0,4% em agosto deste ano, em comparação com o mês anterior, de acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (3). Esse resultado positivo veio após uma queda de 0,6% em julho.

Além disso, quando comparado a agosto de 2022, o setor industrial apresentou um crescimento de 0,5%. No entanto, é importante destacar que a indústria ainda acumula quedas de 0,3% no ano e de 0,1% nos últimos 12 meses.

O gerente da pesquisa, André Macedo, ressaltou que, apesar desse crescimento em agosto de 2023, a indústria ainda não se recuperou completamente das perdas recentes. Ela permanece 1,8% abaixo do nível pré-pandemia (fevereiro de 2020) e 18,3% abaixo do ponto mais alto da série histórica, alcançado em maio de 2011.

No que diz respeito aos setores industriais, 18 dos 25 ramos pesquisados pelo IBGE apresentaram aumento na produção de julho para agosto. Destaques incluem farmoquímicos e farmacêuticos (18,6%), veículos automotores, reboques e carrocerias (5,2%), e equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (16,6%). Por outro lado, algumas atividades registraram quedas, como indústrias extrativas (-2,7%), produtos diversos (-8,0%), couro, artigos para viagem e calçados (-4,2%), e metalurgia (-1,1%).

Quanto às categorias econômicas da indústria, três delas apresentaram crescimento: bens de consumo duráveis (8%), bens de consumo semi e não duráveis (1%), e bens de capital (máquinas e equipamentos usados no setor produtivo) com um aumento de 4,3%. No entanto, os bens intermediários, que são insumos industrializados utilizados na produção, tiveram uma queda de 0,3%. Esses são os destaques do cenário da produção industrial no Brasil em agosto de 2023.

 

 

 

A reprodução do conteúdo é permitida mediante a divulgação integral do URL https://economia24h.com.br/ como fonte. Não são permitidas abreviações ou variações. O não cumprimento desta diretriz poderá resultar em processos legais conforme previsto pela lei.

Economia 24h
Notícias e Análises Financeiras em Tempo Real

Instagram