Você está visualizando atualmente Prévia do PIB brasileiro registra variação negativa, desafiando projeções
Prévia do PIB brasileiro registra variação negativa, desafiando projeções

Prévia do PIB brasileiro registra variação negativa, desafiando projeções

A economia brasileira enfrentou um desafio no mês de agosto, com o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) apresentando um recuo de 0,77%, surpreendendo as expectativas do mercado, que calculava uma queda de apenas 0,3%, de acordo com projeções da Reuters. O IBC-Br é considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB) do país e desempenha um papel importante na análise do cenário econômico.

O resultado contrastou com o mês anterior, quando o indicador havia registrado um crescimento de 0,44%. Além disso, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, o IBC-Br teve uma alta de 1,28%. No acumulado em 12 meses, o indicador aponta uma expansão de 2,82%.

Essa oscilação nas atividades econômicas ocorreu após um crescimento de 0,9% da economia no segundo trimestre de 2023, em comparação com o trimestre anterior. No primeiro trimestre do ano, o resultado foi de uma alta de 1,9%, com um montante total de R$ 2,6 trilhões. Com esses resultados acumulados, houve um avanço de 3,7% no primeiro semestre do ano.

Em uma perspectiva mais ampla, o Boletim Focus, publicado pelo Banco Central na última segunda-feira, manteve as estimativas para o crescimento da economia ao final deste ano em 2,92%. As projeções para o crescimento econômico do país em 2024 também permaneceram em 1,50% na semana. Para 2025, a projeção se manteve em 1,90%, e a estimativa para 2026 não sofreu alterações, permanecendo em 2%.

No cenário das taxas de juros, a taxa está atualmente em 12,75% ao ano, após o último corte realizado pelo Comitê de Política Monetária (Copom) no mês anterior. O grau do corte veio de acordo com as expectativas do mercado, que já previa a continuação da estratégia de alívio da política monetária iniciada no último encontro do Copom, em agosto.

A reprodução do conteúdo é permitida mediante a divulgação integral do URL https://economia24h.com.br/como fonte. Não são permitidas abreviações ou variações. O não cumprimento desta diretriz poderá resultar em processos legais conforme previsto pela lei.

Economia 24h
Notícias e Análises Financeiras em Tempo Real

Instagram