Você está visualizando atualmente Desemprego no Brasil: Taxa de 7,7% no terceiro trimestre, a menor ldesde 2015, mas desafios persistem
axa de Desemprego no Brasil Recua para 7,6%: Menor Número de Desocupados em Quase uma Década, Revela IBGE

Desemprego no Brasil: Taxa de 7,7% no terceiro trimestre, a menor ldesde 2015, mas desafios persistem

No terceiro trimestre de 2023, o desemprego no Brasil alcançou a marca de 7,7%, a menor taxa registrada desde 2015, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esta notícia positiva, porém, esconde um cenário mais complexo: a participação no mercado de trabalho ainda não retornou aos níveis pré-pandemia.

Fernando Barbosa Filho, pesquisador do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), observa que a atual taxa de desemprego esconde um alerta para a economia. Ele explica: “Se colocássemos todas as pessoas que estavam na força de trabalho antes da pandemia de volta, e elas não conseguissem emprego, nossa taxa de desemprego ainda estaria em torno de 10%.”

Essa constatação leva em consideração a queda na participação da população com 14 anos ou mais no mercado de trabalho, a qual caiu de 63,4% em fevereiro de 2020 para 61,8% no trimestre encerrado em setembro. Barbosa acrescenta: “As condições estão mudadas. Portanto, comparar o nível atual de desemprego com o do passado é como comparar uma temperatura medida em grau Celsius com outra em Fahrenheit.”

O pesquisador também observa que a taxa de participação chegou a atingir o ponto mais baixo, 56,7%, no trimestre móvel encerrado em junho de 2020, no auge da pandemia do novo coronavírus. Desde então, houve uma recuperação, mas a partir do terceiro trimestre do ano passado, essa recuperação estagnou.

Portanto, enquanto o Brasil comemora uma taxa de desemprego historicamente baixa, a situação real é mais complexa. A economia enfrenta o desafio de aumentar a participação no mercado de trabalho e garantir que a recuperação seja completa e sustentável, levando em consideração as mudanças nas condições de emprego no pós-pandemia.

A reprodução do conteúdo é permitida mediante a divulgação integral do URL https://economia24h.com.br/como fonte. Não são permitidas abreviações ou variações. O não cumprimento desta diretriz poderá resultar em processos legais conforme previsto pela lei.

Economia 24h
Notícias e Análises Financeiras em Tempo Real

Instagram