Você está visualizando atualmente Inflação de Outubro: Passagens Aéreas Impulsionam Variação para 0,24%
Segunda Parcela do 13º Salário: Prazo Final para Pagamento é Hoje

Inflação de Outubro: Passagens Aéreas Impulsionam Variação para 0,24%

Nesta sexta-feira (10), o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) referentes ao mês de outubro. A inflação oficial do país fechou o período em 0,24%, marcando uma desaceleração em comparação aos 0,26% registrados em setembro.

Passagens Aéreas lideram alta no grupo de Transportes

O destaque desse índice ficou por conta do aumento expressivo no preço das passagens aéreas, que subiram 23,70%. Esse aumento segue a tendência do mês anterior, quando já haviam apresentado um acréscimo de 13,47%. André Almeida, gerente da pesquisa, aponta que fatores como o aumento no preço do querosene de aviação e a proximidade das férias de fim de ano podem estar associados a essa alta.

Grupo de Transportes e a Contribuição da Gasolina

O grupo de Transportes, um dos principais influenciadores da variação, registrou pressão ascendente, sendo mitigada em parte pela queda nos preços da gasolina (-1,53%). O impacto negativo desse subitem foi significativo, contribuindo com -0,08 ponto percentual para o índice geral.

Alimentos e Bebidas: Retorno da Alta após Quatro Meses de Deflação

No segmento de Alimentação e Bebidas, que representa uma parcela substancial no orçamento familiar, observou-se uma alta após quatro meses consecutivos de deflação. A alimentação no domicílio apresentou aumento de 0,27%, impulsionada por itens como batata-inglesa (11,23%), cebola (8,46%), frutas (3,06%), arroz (2,99%) e carnes (0,53%). O gerente da pesquisa, André Almeida, destaca que o arroz acumula alta de 13,58% no ano, influenciado por fatores como entressafra e maior demanda de exportação.

Grupo Comunicação é Exceção com Queda de 0,19%

Único grupo a registrar deflação, o setor de Comunicação teve uma queda de 0,19%, motivada pelas reduções nos preços de aparelhos telefônicos e nos planos de telefonia fixa.

Meta de Inflação e Resultado Acumulado de 12 Meses

O resultado anunciado coloca o IPCA acumulado em 12 meses acima da meta de inflação determinada pelo Banco Central, que é de 3,25%, com uma tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos. O IPCA, que mede a inflação de famílias com renda de um até 40 salários mínimos, atingiu 4,82% nos últimos 12 meses.

INPC Apresenta Variação de 0,12% em Outubro

Além do IPCA, o IBGE divulgou o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a inflação para famílias com rendimento de um a cinco salários mínimos. Em outubro, o INPC apresentou uma variação de 0,12%, acumulando 3,04% no ano e 4,14% nos últimos 12 meses.

A reprodução do conteúdo é permitida mediante a divulgação integral do URL https://economia24h.com.br/como fonte. Não são permitidas abreviações ou variações. O não cumprimento desta diretriz poderá resultar em processos legais conforme previsto pela lei.

Economia 24h
Notícias e Análises Financeiras em Tempo Real

Instagram